Capsaicina para vascularização dos folículos capilares ajuda no crescimento capilar?

Tempo de leitura: 2 minutos

A capsaicina é um princípio ativo derivado da pimenta vermelha que causa uma vasodilatação localizada. Esta característica, em tese, melhoraria a vascularização do folículo capilar e possibilitaria uma possível ativação do fator de crescimento, o GF1. 

Quando falamos sobre alopecia, devemos sempre lembrar que, se você tem uma tendência a alopecia androgenética, aquela que seus familiares têm, e está ligada também a questões hormonais, qualquer vasodilatador de uso local poderá gerar uma prorrogação da questão da alopecia. Por que? Porque qualquer princípio ativo vasodilatador vai melhorar o aporte de oxigênio e nutrientes para o folículo capilar. Uma vez que o folículo capilar tenha um maior aporte de nutrientes e de vascularização, as condições metabólicas vão ser melhores para exercer a atividade de produzir fios de cabelo. 

Entre a capsaicina e outros princípios ativos, particularmente, prefiro outros princípios ativos. Temos desde minoxidil de ação localizada a fatores como melatonina e cafeína. Nesse sentido, existem diversos princípios ativos que podem executar esta mesma função de vasodilatação e melhoria do aporte de nutrientes e oxigenação para o folículo capilar. 

Ao falar sobre fator de crescimento, envolve uma questão relacionada a ser capaz de ativar ou aumentar a concentração de GF1. Eu já possuo a premissa de colocar fatores de crescimento nas formulações quando trato pacientes com alopecia. Como sou pós-graduado em formulação, estudei os princípios ativos dos fatores de crescimento e depois de anos de pesquisa e desenvolvimento, cheguei em uma composição customizada dos fatores de crescimento. Atualmente, combino para utilizar nas formulações tópicas e também de mesoterapia, que é a injeção de fatores de crescimento no couro cabeludo, que faz com que haja uma ação direta na região dos folículos.

Logo, eu prefiro injetar com microagulhamento, mesoterapia ou realizar um drug-delivery no couro cabeludo do princípio ativo para o folículo. Porém, ressalto que a mesoterapia efetua um estímulo muito maior. Por isso os tratamentos clínicos que realizo para alopecia, praticamente em sua totalidade, mostram resultados satisfatórios. 

Por fim, sim, a capsaicina pode ser utilizada e até mesmo associada a flavonas. Porém, na minha prática, prefiro trabalhar diretamente com fator de crescimento. E, quando se trata de vasodilatadores, também prefiro outros princípios ativos.

Deixe uma resposta