Foliculite nas nádegas e na virilha: Tratamento simples e barato com esfoliação

Tempo de leitura: 2 minutos

A Foliculite é uma infecção da pele que acomete os folículos pilosos. O que são folículos pilosos? Toda unidade onde se produz pelo, que pode ser barba, cabelo, costas, virilhas, púbis, perna, etc. Onde você tiver folículo piloso, você pode ter foliculite. 

POR QUE A FOLICULITE ACONTECE?

A foliculite, geralmente, acontece por uma inflamação local e um acometimento da base desse folículo com uma bactéria ou fungo. Também pode ser viral, mas é pouco comum. Na maioria das vezes, a foliculite vem acompanhada de uma infecção bacteriana ou fúngica. A infecção bacteriana é ainda mais frequente, e ocorre quando a foliculite se soma aos pontinhos amarelos, que são pus.

A foliculite é bem frequente no couro cabeludo, principalmente na região septal, barba, virilha, púbis, perna, acontecendo esse processo inflamatório onde você tem uma infecção bacteriana, na grande maioria das vezes. Para diagnosticar, exige-se uma avaliação médica com o dermatologista. No que diz respeito ao tratamento, este é feito a partir do uso de antibióticos, podendo ser via oral ou tópico.

O QUE É A PSEUDOFOLICULITE?

A pseudofoliculite ocorre na barba e se caracteriza assim porque o pelo não consegue sair da pele, porque o pelo é muito grosso, ou muito ondulado, ou a pele está muito espessa. Nesse sentido, o sistema imunológico vai reconhecê-lo como um corpo estranho e vai haver um combate, gerando pústula e uma irritação local. Logo, a pseudofoliculite é denominada assim porque ocorre quando o pelo não conseguiu sair da pele. Neste caso, há uma diferença da foliculite bacteriana com um acometimento na base do pelo que já saiu da pele.

É muito usual confundir foliculite e pseudofoliculite com espinhas, então tome cuidado para não haver este tipo de confusão.

COMO PREVENIR A FOLICULITE?

Quem tem muita foliculite, às vezes acontece até foliculite no bumbum, por ficar muito tempo sentado, ou por ter mais pelos, a esfoliação é uma das melhores formas de prevenções que existe. É simples e barato. A esfoliação, que é o ato de remover as camadas mais superficiais de células mortas, deixa a pele menos espessa e mais amolecida, facilitando a saída de pelo e removendo as impurezas locais que podem gerar infecções.

Você pode esfoliar com uma bucha ou com sabonetes e cremes esfoliantes. Particularmente, eu gosto muito de fazer a esfoliação com a semente do damasco porque, além de ser um esfoliante potente e de boa qualidade, ela possui uma ação antioxidante!

Espero ter esclarecido as dúvidas!

 

Achou este conteúdo útil? Compartilhe com seus amigos nos links abaixo ou deixe seu comentário.

 

Deixe uma resposta