Micose resistente: Como resolver?

Tempo de leitura: 2 minutos

A micose é um processo patológico, uma doença, derivada da infecção localizada por fungos. Geralmente ocorre em regiões de dobras, mais quentinhas e úmidas, como virilha, entre os dedos dos pés, unhas das mãos e pés, também no couro cabeludo e, por vezes, até de uma maneira mais expressiva. 

EXISTE UM CULPADO? 

O fungo que é patógeno, o agente que causa a micose, está presente no ambiente. Logo, não é porque você foi a determinado lugar que contraiu a micose. Porém, sabe-se que algumas exposições podem te levar a contrair o fungo, por exemplo: ambiente que você anda descalço, em contato frequente com grama; usar um assento sanitário que outras pessoas usaram; compartilhar roupas, principalmente roupas íntimas, que não é adequado; lavar o cabelo e dormir com o cabelo molhado. 

O fato é que os fungos se alimentam de proteínas e essas regiões de dobras são propícias à proliferação fúngica por conta da umidade, temperatura quente e viabilidade de alimentação.

MAS O QUE É CAUSA MICOSE RESISTENTE?

Quando falamos de uma micose resistente, é preciso avaliar a imunidade do paciente e a imunidade local, porque a nossa pele possui agentes que promovem a defesa contra esses fungos que estão, normalmente, no ambiente. No momento de uma gripe, doença ou estresse, você tem um acometimento, manifestação ou facilidade desse fungo se instalar e infectar aquela região.

É comum acarretar coceiras em detrimento do processo inflamatório e do disparo de agentes histamínicos, e há uma borda bem delimitada, embora de maneira irregular. Se você não tratar precocemente, o fungo vai se alastrando.  

A micose estar resistente está associada a uma terapia não efetiva, ou o médico não escolheu um princípio ativo efetivo ou o paciente fez uso do medicamento de maneira irregular, ou por pouco tempo, assim não matando o fungo por completo, apenas selecionou, matando o fungo mais frágil e deixando na pele o mais resistente. Esse fungo resistente vai se proliferar, e a micose vai ficando cada vez mais difícil de tratar.

Por esta razão, o diagnóstico da micose precisa ser feita por um dermatologista com uma conduta assertiva para que se tenha certeza do que está acontecendo, seja por meio de uma biópsia, uma raspagem local, dermatoscopia ou teste de trauma local para conduzir o tratamento corretamente. 

Se você está com micose, não tente tratá-la em casa. Procure um médico dermatologista.

Deixe uma resposta