Moniletrix: Doença da haste capilar

Tempo de leitura: 1 minuto

A Moniletrix é uma doença genética, de certa forma rara, e que acontece na haste capilar, ou seja, na porção do cabelo que fica para fora do couro cabeludo. Assim, não atinge o folículo capilar, unidade responsável por fabricar os fios de cabelo.

O cabelo é composto por uma região que fica dentro do couro cabeludo, a parte do folículo capilar, onde se produz o fio de cabelo, e a parte externa, exposta para fora do couro cabeludo, a haste capilar. 

A aparência do fio é de um colar de conta, algo parecido com um terço, e por conseguinte a haste se torna frágil e quebradiça. Então, o crescimento capilar não consegue passar dos 5cm, pois é frágil a qualquer tipo de tração.

Geralmente, quem tem moniletrix, as áreas de tração, ou de maior conta, como a lateral ou dorsal, onde se apoia para dormir, e a temporal, são regiões onde haverá menos presença de cabelo pela facilidade de quebra ao ter atrito com alguma localidade. Por conta disso, é indicado não utilizar bonés, capacetes, toucas e chapéus.

Infelizmente, trata-se de uma doença que não tem um tratamento assertivo, mas sim cuidados para deixar o fio mais resistente, como máscaras de hidratação, produtos que estimulam a queratinização, fatores de crescimento com mesoterapia e outras técnicas para estimular o desenvolvimento da haste. Porém, isto não vai corrigir a moniletrix.

Deixe uma resposta