Qual é o preparo para o procedimento de tratamento de xantelasma?

Tempo de leitura: 1 minuto

O xantelasma pode ser tratado com a blefaroplastia química ou cirúrgica. Para saber qual é o preparo para a realização do procedimento, é preciso haver uma avaliação do caso de xantelasma do paciente.

Se o grau de xantelasma for cirúrgico, não há necessidade de jejum, uma vez que a anestesia é local, mas haverá uma incisão e pontos na região, além do edema. Minha orientação enquanto médico dermatologista envolve o afastamento de alguns dias do trabalho. 

Porém, a grande maioria dos casos são tratados quimicamente, sem necessidade de corte, anestesia local ou qualquer outro procedimento cirúrgico. A qualidade do ácido que utilizo envolve um preparo que garante seu funcionamento também enquanto analgésico, proporcionando um procedimento indolor. 

Para a blefaroplastia química, não há necessidade de nenhum preparo prévio. São solicitados apenas exames físicos para verificar a qualidade da pele para que seja decidido o ácido que será utilizado. 

Como o xantelasma, geralmente, é uma área pequena, o paciente pode trabalhar normalmente no dia seguinte. Na hora do procedimento a pele vai ficar branca, mas posteriormente irá escurecer e formar uma pequena crosta que cairá. A bolsa de gordura debaixo da pele será dissolvida pelo ácido durante o tratamento.

Deixe uma resposta