Transplante capilar em adolescente: é possível?

Tempo de leitura: 2 minutos

O transplante capilar é uma opção de tratamento para a calvície e queda de cabelo em pessoas que já atingiram a maturidade sexual e possuem uma área doadora saudável e suficiente para a realização do procedimento.

Como funciona o Transplante Capilar?

O transplante capilar é um procedimento cirúrgico que consiste em retirar folículos pilosos de uma área doadora do paciente (geralmente a parte de trás da cabeça) e transplantá-los para a área calva ou com rarefação capilar. É uma opção eficaz para tratar a calvície em adultos que apresentam um padrão estável de queda de cabelo e possuem uma área doadora saudável e suficiente para a realização do procedimento.

Transplante capilar em adolescentes: pode ocorrer?

O transplante capilar em adolescentes pode ser um tema controverso. Isso porque, durante a adolescência, o padrão de crescimento capilar pode não estar totalmente estabelecido, o que pode levar a resultados imprevisíveis e insatisfatórios.
No entanto, em adolescentes, o transplante capilar pode não ser recomendado, especialmente em indivíduos que ainda não atingiram a puberdade completa. Isso porque o padrão de crescimento capilar pode não estar totalmente estabelecido e o risco de futuras perdas de cabelo pode ser maior.
Por esse motivo, a Sociedade Internacional de Cirurgia de Restauração Capilar (ISHRS) recomenda que o transplante capilar seja realizado apenas em indivíduos que já atingiram a maturidade sexual e apresentam um padrão de calvície estável. Geralmente, isso ocorre a partir dos 25 anos de idade.

O que fazer ao perder cabelo na adolescência?

Para os adolescentes que estão sofrendo com a queda de cabelo, é importante que o médico especialista avalie o caso individualmente e ofereça opções de tratamento não invasivas, como medicamentos específicos para a queda de cabelo, terapia capilar, entre outros. Essas opções podem ajudar a retardar ou interromper a progressão da calvície até que o paciente seja um candidato adequado para o transplante capilar.
Em resumo, o transplante capilar em adolescentes pode não ser a melhor opção de tratamento para a queda de cabelo. É importante que o médico especialista avalie cuidadosamente cada caso e ofereça opções de tratamento seguras e eficazes para cada paciente.
Para avaliar se um adolescente é um bom candidato para o transplante capilar, é importante realizar uma avaliação médica completa, que leve em consideração o histórico familiar, a estabilidade da perda de cabelo e o estado de saúde geral do paciente. Em casos de calvície precoce, pode ser recomendado o uso de medicamentos específicos para tratar o problema, como o minoxidil ou a finasterida.

Deixe uma resposta