Tratamento de acne com roacutan

Tempo de leitura: 1 minuto

Sobre o uso do roacutan, ou isotretinoína, no tratamento de acne, é preciso saber que corresponde a uma droga consolidada ao considerar-se o combate à acne. 

Dificilmente os pacientes que eu trato tem rebote com a recorrência da acne, principalmente após o tratamento. 

É preciso avaliar o grau de acne do paciente para verificar se há indicação ou não para uso da isotretinoína. Feito isto, é preciso fazer exames laboratoriais para avaliar o funcionamento do rim e do fígado, e repetir isso a cada 3 a 4 meses de uso do medicamento. 

Uma vez que você inicia o tratamento, no primeiro mês o quadro da acne pode não melhorar, pode não haver nenhuma mudança significativa e pode até piorar. Porém, a partir do segundo mês, a melhora aparece repentinamente. 

O tempo médio que possuo de uso do roacutan em consultório é de 4 meses, porque associo algumas condutas para homecare para acelerar a curva de melhora da acne e blindar o rebote após o término do uso de roacutan. 

No quinto mês, aplico a técnica de rampa de retirada e aplico uma formulação para 30 dias após o término do uso. Com esta frequência, não costuma ocorrer rebote. 

Lembrando também que eu desenvolvi o peeling de roacutan, que utilizo em alguns casos de pacientes com acne mais brando com terapia adjuvante para diminuir o tempo de uso da isotretinoína.

Deixe uma resposta