Urticária: O que é, sintomas e como tratar?

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Hoje falarei sobre um tema que é alvo de muitas dúvidas e questionamentos dos meus seguidores. Você sabe identificar uma urticária? Pois hoje conversaremos sobre o que é urticária, seus sintomas, grandes dicas e orientações de como tratar.

Doença que se apresenta por diversos motivos e pode gerar quadros clínicos realmente complicados: a urticária tem lá seus perigos e pontos característicos, apresentá-los é tão importante quanto descobrir como tratar esta enfermidade.

Neste artigo você terá mais informações importantes sobre a urticária.

O que é Urticária?

A urticária é uma doença que se manifesta através de lesões caracterizadas por vermelhidão da pele, intensa característica pruriginosa, coceira nas proximidades e, por vezes, inchaços na pele.

Este adoecimento é comum em adultos na faixa etária de 30 a 40 anos. Em alguns casos, a urticária pode adoecer até mesmo idosos.

A urticária é classificada como aguda ou crônica. Este adoecimento é tido como agudo quando tem remissão total em um prazo de até 6 semanas. Já a “urticária crônica” tem sua duração desde seu começo até sua remissão total em um período maior do que 6 semanas. 

Não é qualquer coceira que caracteriza uma urticária. Além disso, os conhecidos antialérgicos não darão suporte a qualquer irritação que aparecer na pele.

Quais são os sintomas da urticária?

É comum esta doença aparecer de maneira isolada e também agrupada. Há boatos de que existem determinadas geometrias que confirmam a urticária! Isso é um erro, a elevação na pele causada pela doença não segue padrões.

A urticária pode formar diversos “desenhos” pela pele. 

Vale lembrar que muitas das vezes a urticária não é transmitida de pessoa para pessoa. Entretanto, até que se descubra a causa da lesão, é preferível evitar o contato da ferida em outras pessoas. 

Atenção: Séria orientação sobre Urticária!

Sempre que apresentar uma lesão com padrões de urticária na pele, você precisará estar atento! Se a lesão progredir, pode ser um sinal de reação anafilática!

Complicação anafilática

Uma complicação anafilática tem como sintomas, para além da lesão:

  • Náusea;
  • Vômito;
  • Dor na cabeça;
  • Falta de ar; e
  • Dificuldade de respirar.

No caso de notar a combinação de dois ou mais sintomas descritos acima em conjunto com a urticária, procure imediatamente um médico. A complicação anafilática pode chegar a uma parada respiratória, tendo chances de levar o paciente a óbito. 

É importante manter a atenção em relação a este sério tema! 

Como tratar urticária? 

Só consideramos o tratamento dado por completo quando há remissão total do quadro de urticária vigente. Essa remissão pode acontecer de maneira espontânea ou por meio de tratamentos diversos. 

Primeiramente, é fundamental buscar o motivo do aparecimento da urticária, que pode ser:

  • Estresse;
  • Alimentação;
  • Contato;
  • Outros componentes emocionais.

É  importante identificar o fator que causou a urticária para se afastar ou eliminar a causa. O uso de antialérgico ainda é efetivo quando usado nos casos certos. Porém, vale ressaltar que para 25 a 30% das pessoas que apresentam urticária, o uso do antialérgico não é efetivo.

É imprescindível não tomar remédios por conta própria (se automedicar). Atitudes como essa podem gerar agravamento do quadro físico e até mesmo ocasionar o óbito do enfermo. Tudo isso pode ser evitado quando se busca um profissional especializado!

Em caso de sintomas clínicos próximo da anafilaxia, procure um pronto socorro com urgência.

Achou este conteúdo útil? Compartilhe com seus amigos nos links abaixo e deixe seu comentário.

Deixe uma resposta